Logo
Atendimento (86) 3222-7731

GRANDE LOJA MAÇÔNICA DO PIAUÍ

Email para contato

SECRETARIATI@GLMPI.ORG.BR

HISTÓRIA

História da Grande Loja Maçônica do Piauí

(Fundada, 13 de novembro de 1948)

 

 

Reunião de Fundação

Em 9 Dezembro de 1947, na reunião da fundação maçônica, na Rua São Pedro, 975, centro, Teresina-PI, foi inaugurado, sob a obediência da Mui Respeitável Grande Loja Maçônica do Estado do Rio de Janeiro, à época Grande Loja Symbolica do Rio de Janeiro, a Loja Simbólica Mestre Higino Cunha nº 31.

Grande Loja Symbolica do Rio de Janeiro

Antônio de Castro Franco através do Ato 318, do Grão-Mestre Eurico Figueiredo Sampaio da Grande Loja Symbolica do Rio de Janeiro, de 26 de 1948, foi Nomeado Delegado daquele Sereníssimo para o oriente de Teresina.

Primeiro Sereníssimo Grão-Mestre

A fundação da então Grande Loja Simbólica Soberana no estado do Piauí aconteceu em 13 de novembro de 1948, tendo como seu primeiro Sereníssimo Grão-Mestre Antônio de Castro Franco, regularizada em 8 de dezembro de 1948.

Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito

Sob a jurisdição da Mui Respeitável Grande Loja Simbólica Soberana para o Estado do Piauí, a Higino Cunha N 1, recebeu sua Carta Constitutiva com o nome de Loja Simbólica Mestre Higino Cunha N 1.

Carta Constitutiva

Alexandre Soares Gonçalves, Edgar Antunes de Alencar - Past Grão-Mestre e o Delegado do Sereníssimo Grão-Mestre da então Grande Loja Symbolica do Rio de Janeiro junto á Potência Cearense, José Campelo Camanho e José Frederico Andrade da então Grande Loja Escocesa para o Estado do Ceará foram nomeados pelo Sereníssimo, através do Ato 317 de 24 de abril de 1948, sagrou o Templo da Augusta e Respeitável Loja Simbólica Mestre Higino Cunha N 13, na Rua Coelho Rodrigues, 1143, onde instalou o Venerável Mestre e empossou a nova direção da Loja.


Emitido em 26/11/2022 20:05